Dia do Trabalhador.


 Todo dia é dia de trabalho, seja no seu emprego, em casa, no fogão, no tanque...
Todos nós, homens e mulheres, trabalhamos. 
Enfrentamos muita dificuldade, tanto para arrumarmos um emprego quanto para mantermos. 
FGTS, PIS, seguro desemprego, são benefícios que a CLT nos garante, porém não foi sempre assim. 


E no próximo dia 1º de maio, para que pudéssemos comemorar o dia do trabalho, muita coisa  aconteceu.





Vejam um pouco da história:

Comemorado no dia 1º de maio, o Dia do Trabalho é a data que celebramos as conquistas dos trabalhadores ao longo da história. Em 1/05/1886, ocorreu uma grande manifestação de trabalhadores na cidade americana de Chicago.

Milhares de trabalhadores protestavam contra as condições desumanas de trabalho e a enorme carga horária pela qual eram submetidos (13 horas diárias). A greve paralisou os Estados Unidos. No dia 3 de maio, houve vários confrontos dos manifestantes com a polícia. No dia seguinte, esses confrontos se intensificaram, resultando na morte de diversos manifestantes. As manifestações e os protestos realizados pelos trabalhadores ficaram conhecidos como a Revolta de Haymarket.

Em 20 de junho de 1889, em Paris, a central sindical chamada Segunda Internacional instituiu o mesmo dia das manifestações como data máxima dos trabalhadores organizados, para, assim, lutar pelas 8 horas de trabalho diário. Em 23 de abril de 1919, o senado francês ratificou a jornada de trabalho de 8 horas e proclamou o dia 1° de maio como feriado nacional.

Após a França estabelecer o Dia do Trabalho, a Rússia foi o primeiro país a adotar a data comemorativa, em 1920. No Brasil, a data foi consolidada em 1924 no governo de Artur Bernardes. Além disso, a partir do governo de Getúlio Vargas, as principais medidas de benefício ao trabalhador passaram a ser anunciadas nessa data. Atualmente, inúmeros países adotam o dia 1° de maio como o Dia do Trabalho, sendo considerado feriado em muitos deles.



Homenagem especialmente a todos nós trabalhadores:


No espreguiçar do amanhecer,
a aurora abraça o sol,
acordando homens e mulheres,
para os exercícios no arrebol.
Todos correm para os campos da vida,
na diversidade de suas diferenças.
Com mão no arado, pisam forte
exultando suas crenças.
Valentes,
Erguem em seus braços,
bandeiras ferramentas,
No quilate responsabilidade
no uso a função que alenta.
Seja caneta, bisturi,
enxada ou mesmo um liberal,
não importa o instrumento,
todos trabalham igual.
Dignificando o tempo,
Marcham ao encontro do promissor,
prosperidade para o amanhã,
recompensa do labor.
Abençoadas são as mãos do trabalhador.

( Jair Martins )


Parabéns Trabalhador!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Me ajudem a melhorar, preciso saber o que vocês acharam.
Fiquem à vontade.