O que é ser cidadão?


  Ser cidadão é dizer não à corrupção e atuar na fiscalização do dinheirão do
Fundo de Participação.
  Ser cidadão não é só votar no dia da eleição, mas fazer a observação das
Políticas Públicas e sua efetivação e aplicação.
 Ser cidadão é não ficar na acomodação, promovendo manifestação diante da
tributação cobrada pelo leão.
 Ser cidadão é cumprir os deveres e exigir os Direitos Humanos que estão na
Constituição.
Ser cidadão é contaminar aqueles que não tem ação, que só ficam na
reclamação, e não tomam nenhuma decisão.
Ser cidadão é ser solidário, fraterno, crítico, destemido, e corajoso. Isso sim!
É cidadão: Um ser político que tem coração sabe dizer não a tudo que lhe causa
repugnação.
Ser cidadão é fazer valer o Princípio da Dignidade da Pessoa Humana que é ter
direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança, à propriedade, à saúde, à
educação, à habitação, ao trabalho digno com boa remuneração.
 Ser cidadão é ter acesso à informação, pois vivemos na era da globalização.
Ser cidadão é equilibrar razão e emoção em busca da solução dos problemas da
população.
 Ser cidadão é trabalhar na construção do Estado Democrático de Direito e na
sua concretização.
E então me pergunto: Será que sou mesmo um cidadão? Se não sinto indignação,
nem germino conscientização, de que adianta preocupação sem ação? Cadê a
consolidação da democratização de inclusão para socialização do cidadão?
E aí cidadão, vai continuar paradão diante de tanta decepção no Maranhão e em
toda nação?
                                                                       
                                                    Romeu Diniz Gonçalves
                                                    Acadêmico de Direito

Um comentário:

Me ajudem a melhorar, preciso saber o que vocês acharam.
Fiquem à vontade.